quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

UMA BOA NOTÍCIA PARA ENCERRAR O ANO: EDITAIS DA SECULT ILHÉUS TÊM INSCRIÇÕES PRORROGADAS PARA 2015.


Inscrições são para os editais Águia da Cultura e Solos Criativos

A Secretaria Municipal de Cultura (Secult) prorrogou para o próximo dia 9 de janeiro os prazos de inscrições nos projetos Solos Criativos, que encerraria nesta terça-feira, 30 de dezembro, e Águia da Cultura, que conta com a parceria da empresa de transportes Águia Branca. Interessados devem se dirigir à sede da secretaria (Rua Jorge Amado, 21, Centro), sempre das segundas às sextas-feiras no período das 9 às 12 horas e das 14 às 18 horas.

Segundo o secretário de Cultura e interino do Turismo, Paulo Atto, o projeto Solos Criativos é um concurso que aposta na criação do artista individual, estimulando a pesquisa cultural local e novas intervenções nas respectivas linguagens. A iniciativa tem por objetivo estimular o desenvolvimento das artes cênicas através da dança e do teatro em Ilhéus. Já o Águia da Cultura busca divulgar, utilizando de um ônibus, a produção cultural local, levando apresentações de artes cênicas (música, teatro e dança), promovendo o acesso aos bens culturais pela população, além de divulgar a produção artística ilheense.

Solos Criativos – Serão aceitas propostas nas áreas de dança, teatro ou artes integradas. Podem se inscrever pessoas físicas ou jurídicas com atuação comprovada na área. O projeto será realizado através do Teatro Popular de Ilhéus. A proposta central do Solos Criativos é ampliar o acesso da população da zona rural e bairros às linguagens artísticas. Só será aceita uma proposta por pessoa. O formulário para inscrição está à disposição dos interessados na Secult, acompanhado de uma cópia do edital. O candidato deverá apresentar proposta contendo memorial da concepção cênica da Ideia-tema, justificativa, objetivos, plano de ação (com prazo máximo de execução de 60 dias), cronograma de trabalho e orçamento financeiro.

LEIA A MATÉRIA INTEIRA PARA FICAR POR DENTRO

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

PUBLICAÇÃO REÚNE LEGISLAÇÕES CULTURAIS NA BAHIA DE 2007 A 2014


A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) lança, nesta terça-feira, 30 de dezembro, às 10 horas, a publicação Legislação da Cultura na Bahia, que reúne os principais planos, programas e leis produzidos e aprovados no campo cultural no estado nos últimos oito anos. Lançado em versão online, o livreto inclui o conteúdo completo do Plano Estadual de Cultura, do Plano Estadual do Livro e Leitura, da Política Setorial de Museus, da Lei Orgânica da Cultura e das portarias dos Colegiados Setoriais das Artes, entre outras legislações.

As legislações qualificadas são fundamentais para a organização e o fortalecimento do campo da cultura. “A legislação é uma das dimensões mais substantivas da institucionalidade. Ela baliza e dá regra e compasso para a cultura. Uma legislação qualificada e progressista estimula sobremodo o campo cultural e seu desenvolvimento. A ideia de reunir as principais legislações produzidas entre 2007 e 2014 busca fortalecer a institucionalidade cultural na Bahia. Juntamente com a atuação e mobilização dos agentes culturais, ela por certo irá contribuir para colocar a cultura baiana em um patamar cada vez mais criativo, inovador, livre e sólido”, afirma o secretário de cultura do Estado da Bahia, Albino Rubim.

A publicação está dividida em dois capítulos. O primeiro, Planos e Programas, inclui a Comenda do Mérito Cultural, o Plano estadual de Cultura, o Plano Estadual do Livro e Leitura, o Programa de Formação e Qualificação em Cultura e a Política Setorial de Museus. Intitulado Canais de Participação, o segundo capítulo inclui a Lei Orgânica da Cultura, o novo regimento do Conselho Estadual de Cultura, as Portarias dos Colegiados Setoriais das Artes e os Colegiados de Gestão Participativa. O conteúdo na íntegra da publicação Legislação da Cultura na Bahia pode ser lido no site da SecultBA: www.cultura.ba.gov.br.

(29.12.14)

Assessoria de Comunicação 
Secretaria de Cultura do Estado da Bahia – SecultBA
Tel – (71) 3103-3442
Adriana Jacob – (71) 9983-5278 ascom.secultba@gmail.com
Rodrigo Lago – (71) 8265-0071 – lagorodrigo@gmail.com

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

PROJETO TEATRO JOVEM É ENCERRADO COM SUCESSO NA TENDA


Alunos, professores e coordenadores dos CRAS e CREAS 

Mais de duzentas pessoas, entre elas, jovens, crianças, adolescentes e adultos estiverem presentes no encerramento do Projeto Teatro Jovem, promovido pela Comunidade Tia Marita, sob o patrocínio da Secretaria de Desenvolvimento Social da Prefeitura Municipal de Ilhéus. Para o secretário Jamil Ócke o projeto foi "fundamental para o desenvolvimento pessoal e social dos envolvidos, sobretudo porque usou o teatro como ferramenta primeira da transformação." Os Centros de Referência e Assistência Social - CRAS, dos bairros Barra, Teotônio Vilela, Nossa Senhora da Vitória e Banco da Vitória e ainda do distrito de Olivença fizeram várias apresentações retratando a história do Município de Ilhéus e o cotidiano dos jovens.

O encerramento ocorreu na Tenda do Teatro Popular de Ilhéus, espaço cultural administrado pelo TPI, das 15h30 às 18h00. Também estiveram presentes coordenadores e psicólogos do CREAS Malhado e das casas de abrigo mantidas pela SDS. O Projeto Teatro Jovem são oficinas de sensibilização para o teatro, com dois encontros semanais, de 02 horas cada. Sua metodologia é baseada no Teatro do Oprimido, do dramaturgo e escritor Augusto Boal. Para Pawlo Cidade, criador e coordenador do projeto, o Teatro Jovem é uma ponte entre o jovem e sua realidade, a partir de jogos dramáticos e atividades teatrais partindo de experiências pessoais.

ÁGUIA DA CULTURA ESTÁ COM INSCRIÇÕES ABERTAS PARA APRESENTAÇÕES CULTURAIS


Estão abertas até esta sexta-feira, dia 19, as inscrições para o projeto da Prefeitura de Ilhéus, Águia da Cultura, que conta com a parceria da empresa de transportes Águia Branca. Interessados devem se dirigir à Secretaria Municipal de Cultura (Secult), Rua Jorge Amado, Centro, 21, no período das 9 às 17 horas. A iniciativa tem por objetivo divulgar, utilizando de um ônibus, a produção cultural local, promovendo apresentações de artes cênicas (música, teatro e dança), promovendo o acesso aos bens culturais pela população e divulgar a produção artística ilheense.

Para efetuar a inscrição, é preciso levar um currículo portfólio. Mais informações pelo telefone 3231 7531, no período das 9 às 17 horas, e através do email secultilheus@gmail.com/. O Águia da Cultura foi retomado neste ano de 2014, durante solenidade de aniversário de 480 anos de emancipação de Ilhéus.

O projeto, idealizado na terceira gestão de Jabes Ribeiro, foi encontrado totalmente deteriorado; o ônibus estava praticamente uma sucata.  Então, a prefeitura procurou novamente a empresa Águia Branca, mostrou o projeto e agora está devolvendo ao ilheense mais um veículo de informação e lazer cultural.  

Conforme disse o secretário de Cultura e interino de Turismo, Paulo Atto, o projeto é um instrumento fundamental para o incremento das atividades socioculturais das comunidades, especialmente as mais distantes da sede.  Além disso, o ônibus exerce uma função social, apresentando aos jovens e crianças opções de informação e de ampliação do conhecimento.

Quem pode se inscrever – Poderão participar do cadastramento, artistas maiores de 18 anos, residentes no município de Ilhéus (BA), mediante a comprovação de residência, e que esteja em constante produção e aperfeiçoamento da sua arte. Também é preciso ter experiência comprovada de no mínimo dois anos na área de atuação artística na qual pretende se inscrever. O presente cadastro contemplará apresentações no período de Dezembro/2014 a Março/2015, podendo ser prorrogado por igual período de quatro meses.

A seleção dos espetáculos de música, teatro e dança será realizada por uma comissão formada por um membro da Secult, um membro do Conselho Municipal de Cultura e um especialista da área. Os critérios de seleção dos espetáculos serão á qualidade técnica e artística, currículo do grupo ou artista, diversidade cultural/temática regional.


Fonte: Site da PMI

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

PAWLO CIDADE SERÁ EMPOSSADO NO CONSELHO ESTADUAL DE CULTURA


O diretor artístico, escritor e produtor cultural Pawlo Cidade (foto), também diretor executivo da Comunidade Tia Marita, será empossado nesta terça-feira, 09 de dezembro, como membro titular por quatro anos no Conselho Estadual de Cultura. Cidade foi eleito na V Conferência Estadual de Cultura, em Camaçari. Será a primeira vez que conselheiros eleitos pela sociedade civil integrarão o órgão. São 10 representantes dos territórios de identidade cultural e 10 eleitos pelos setores culturais e dos fazeres, todos com seus respectivos suplentes.

A composição do Conselho é finalizada com outros 10 nomes indicados pelo poder público e seus suplentes. Isso deixará o órgão com um total de 60 integrantes, sendo dois terços de sociedade civil e um terço de poder público.

A solenidade de posse vai contar com a presença do governador Jacques Wagner. Acontece a partir das 14 horas, no Complexo Cultural dos Barris, em Salvador.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

"A posse do novo Conselho e dos Colegiados representa um momento essencial destes processos de construção democráticos”

Albino Rubim, Secretário Estadual de Cultura da Bahia

Mais um passo para a democratização e o fortalecimento da institucionalidade cultural. Tomam posse na próxima terça-feira, 09, os representantes da sociedade civil e do poder público que farão parte da gestão cultural a partir de 2015. Em uma cerimônia que contará com a presença do governador Jaques Wagner, serão empossados os novos membros do Conselho Estadual da Cultura (CEC), e os representantes dos Colegiados Setoriais das Artes e de Cultura. No total, serão 237 novos membros no Conselho e Colegiados. O evento, aberto ao público, será às 14 horas, na Sala Walter da Silveira, no Complexo Cultural dos Barris.

O Conselho e os Colegiados Setoriais cumprem importante papel na gestão participativa da Cultura na Bahia. É por meio dessas instituições que a sociedade civil acompanha e ajuda a definir as políticas aplicadas pelo poder público. “Eles são instâncias fundamentais de construção de um estado mais democrático e de políticas públicas também democráticas, pois decorrem de debate e deliberações coletivas. A posse do novo Conselho e dos Colegiados representa um momento essencial destes processos de construção democráticos”, afirma o secretário de Cultura do Estado da Bahia, Albino Rubim.

Conselho de Cultura - Será a primeira vez que conselheiros eleitos pela sociedade civil integrarão o órgão. São 10 representantes dos territórios de identidade cultural e 10 eleitos pelos setores culturais e dos fazeres, todos com seus respectivos suplentes. A composição do Conselho é finalizada com outros 10 nomes indicados pelo poder público e seus suplentes. Isso deixará o órgão com um total de 60 integrantes, sendo dois terços de sociedade civil e um terço de poder público. Criado em 1967, o Conselho de Cultura é colegiado da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA). Possui caráter normativo e consultivo, com a missão de contribuir na formulação de políticas culturais e intermediar a relação entre a sociedade civil e o Estado.

Colegiados – Os Colegiados são uma instância de consulta, participação e controle social das políticas públicas, cuja existência está prevista na Lei Orgânica da Cultura da Bahia (12.365/11). Além dos Colegiados Setoriais das Artes, que passarão a ter novos representantes, em 2015, a Bahia terá seus primeiros Colegiados Setoriais de Cultura, com membros eleitos para o biênio 2015/2016 entre os setores de Arquivos e memória, Bibliotecas, Culturas Afrobrasileiras, Culturas Indígenas, Culturas Populares, Design, Livro e leitura, Moda, Museus, e Patrimônio. A posse acontece após um período de eleição iniciado em agosto deste ano, quando houve cadastro de 956 eleitores e 154 candidatos.
O pleito foi finalizado em novembro, após a divulgação dos nomes mais votados. A Fundação Pedro Calmon (FPC) e o Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC) foram as unidades da SecultBA responsáveis pela organização e coordenação das eleições dos Colegiados Setoriais de Cultura, ao lado do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI) e da Superintendência de Promoção da Cultura (Suprocult), que integram a estrutura da Secretaria.

Já nos Colegiados Setoriais das Artes, serão empossados seis novos grupos de representação de setores artísticos (Artes Visuais, Circo, Dança, Literatura, Música e Teatro). Para cada setor, foram eleitos seis membros, além de suplentes. Eles trabalharão de modo conjunto com três representantes do poder público indicados pela SecultBA. A escolha dos novos participantes aconteceu entre outubro e novembro de 2014, quando 509 eleitores e 106 candidatos se inscreveram para participar da eleição. Foram registrados 367 votos, apurados e homologados pela Comissão Organizadora.
Os Colegiados Setoriais das Artes foram instituídos há dois anos na Bahia. Sua coordenação executiva é realizada pela Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), unidade vinculada à SecultBA.


A lista completa dos representantes – titulares e suplentes – dos Colegiados Setoriais das Artes e da Cultura e do Conselho de Cultura do Estado da Bahia pode ser acessada no www.cultura.ba.gov.br

Assessoria de Comunicação 
Secretaria de Cultura do Estado da Bahia – SecultBA
Tel – (71) 3103-3442
Adriana Jacob – (71) 9983-5278 ascom.secultba@gmail.com

Rodrigo Lago – (71) 8265-0071 – lagorodrigo@gmail.com

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Bahia Criativa promove a FORMAÇÃO PROJETOS CRIATIVOS E SUSTENTÁVEIS - Elaboração de Projetos Culturais, Captação de Recursos e Prestação de Contas.


O Escritório Bahia Criativa oferece nos dias 02, 03 e 04 de dezembro de 2014, a Formação PROJETOS CRIATIVOS E SUSTENTÁVEIS - Elaboração de Projetos Culturais, Captação de Recursos e Prestação de Contas.

O curso é oferecido para artistas, produtores e agentes culturais, gestores de projetos e empreendedores que atuam na cadeia produtiva da economia criativa e que desejam adquirir conhecimentos sobre metodologias, ferramentas, técnicas e instrumentos para gerir seu projeto cultural.

A demanda pela Formação que acontecerá em Salvador foi identificada pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia por meio de suas ações e articulações com parceiros. A programação e a organização de conteúdos se propõem a: favorecer a compreensão da importância do estudo de viabilidade para a elaboração do projeto; técnicas de planejamento que permitam ao proponente obter uma visão ampliada do projeto; diminuir a margem de incoerência e inviabilidade do projeto; propiciar condições para que o participante desenvolva competências essenciais para captar recursos de origem pública ou privada e ainda apresentar instrumentos para controle financeiro e prestação de contas.

Os interessados em participar da formação devem realizar a inscrição através do email ou telefone do Escritório Bahia Criativa.

Ficha Técnica do Evento:

Formação: PROJETOS CRIATIVOS E SUSTENTÁVEIS – Elaboração de Projetos Culturais, Captação de Recursos e Prestação de Contas.
Público-alvo: Empreendedores, gestores, colaboradores de organizações culturais ou participantes da cadeia produtiva da economia criativa.
Pré-requisitos:
- Possuir no mínimo 01 ano de experiência comprovada, em projetos culturais;
- Atendendo aos pré-requisitos, a seleção dos participantes será por ordem de inscrição.
- Só será aceito somente 01 representante para cada Instituição.
Data: 02, 03 e 04 de dezembro de 2014.
Hora:  8h30 as 17h30
Facilitadora: Daiane Fontes - Graduada em Psicologia, especialista e mestre em Desenvolvimento e Gestão Social, vem atuando na área de desenvolvimento e gestão de projetos sociais desde 2004. Atualmente, trabalha na área de planejamento e produção de conteúdos e coordenação de projetos socioculturais do Instituto Casa Via Magia. Presta serviço à Universidade Estadual da Bahia, como professora, no programa Plataforma Freire e é professora na Faculdade de Ciências Gerenciais da Bahia - UNICENID. Também faz parte do Conselho da Rede de Formação e Capacitação em Cultura, e é diretora do Festival de Reisados de Boa Nova.
Local da Oficina:  Forte do Barbalho  - Salvador
Inscrições e informações: 

E-mail: bahia.criativa@cultura.ba.gov.br / telefone: (71) 3319-0033

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

SAIU A LISTA DOS CONSELHEIROS MAIS VOTADOS DO CONSELHO ESTADUAL DE CULTURA

Marco Aurélio Schommer foi eleito para o mandato de 4 anos no CEC

A comissão responsável pelo processo eleitoral do Conselho Estadual de Cultura divulgou nesta quinta-feira, 27, a relação dos eleitos. Foram 71 candidatos com cadastros validados para disputar vaga no órgão. O pleito preencherá 20 cadeiras do Conselho com membros da sociedade civil representantes do fazer cultural.  No site do sistema de votação será disponibilizada a lista completa dos candidatos e seus respectivos votos.


Os candidatos que não foram eleitos e desejam a recontagem dos votos, podem entrar com recurso até esta sexta-feira, 28, enviando mensagem para o e-mail: eleicao.conselho@cultura.ba.gov.br. A lista final dos eleitos, após a análise dos recursos, está prevista para ser divulgada na próxima terça-feira, 02 de dezembro.
Os novos conselheiros terão a função de contribuir para o cumprimento dos objetivos da Política Estadual de Cultura e fortalecer o seu papel como órgão colegiado da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, que se ajusta à Lei Orgânica da Cultura da Bahia (Lei 12.365/11). Entre suas obrigações, está acompanhar e avaliar o planejamento e a execução da gestão cultural.

A lista inclui importantes lideranças do Litoral Sul: Vitor Aziz (Itabuna) que ficou na 2a. suplência e Luiz Carlos Menezes Dantas que ficou na 9a. suplência. Os cinco mais votados que terão mandato de 4 anos são: Ana Waneska (Salvador), Wilson Fernando (Salvador), Sílvio Roberto (Feira de Santana), Luiz Aldo (Valente) e Marco Aurélio Schommer (Salvador). 



quinta-feira, 27 de novembro de 2014

COMUNIDADE TIA MARITA FAZ ENCERRAMENTO DE PROJETOS CULTURAIS

 As oficinas ocorrem em espaços alternativos oferecidos pelo CRAS

A Comunidade Tia Marita, organização não governamental de ensino, pesquisa, montagem e consultoria cultural realiza o encerramento de quatro projetos culturais nos dias 15 e 16 de dezembro, do corrente ano, na Tenda do Teatro Popular de Ilhéus.

O primeiro é o Fazteatro, realizado nas Escolas Nucleadas do Japu, com profissionais daquela localidade promovendo a sensibilização para a arte através da música e dos jogos teatrais; o segundo é o Ecoteatro, promovido pela Escola Centro Comunitário do Iguape e o terceiro é o Teatro Cidadão, realizado na Escola Nucleada de Inema, distrito de Ilhéus distante 82 km do Município. Estes três foram contemplados com o Programa Mais Cultura na Escola, promovido pelo Governo Federal através do Ministério da Cultura e do Ministério da Educação.

O quarto projeto é o Teatro Jovem. Desde o início de setembro que o Grupo Teatro Total - instituição integrante da Comunidade Tia Marita - desenvolve este projeto promovido pela Prefeitura Municipal de Ilhéus, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, realizando oficinas de teatro que possuem como ponto de partida a experiência pessoal e social do jovem e adolescente, aproximando-o da construção de sua identidade e consciência cidadã nos Centros de Referência e Assistência Social (CRAS) dos bairros Nossa Senhora da Vitória, Banco da Vitória, Teotônio Vilela, Barra e no distrito de Olivença e no CREAS Malhado.

"A ideia principal do projeto não é formar atores, mas, despertar a consciência cidadã" - afirma o Coordenador Pedagógico da proposta, Pawlo Cidade, e acrescenta: "Entretanto, a descoberta de novos talentos para o teatro é inevitável."

As oficinas são conduzidas pelos sensibilizadores Beto Santana, Andréa Bandeira, Aline Hafner, Cláudia Silva e Val Kakau. Jamil Ócke, secretário de desenvolvimento social afirma que o projeto Teatro Jovem "é singular porque não trata o teatro pelo teatro, mas, pela possibilidade do adolescente aprender a trabalhar em grupo e aprimorar a habilidade de relacionar-se com os outros.”

SERVIÇO:

O quê? ENCERRAMENTO DOS PROJETOS CULTURAIS DA COMUNIDADE TIA MARITA
Quando? Dia 15 e 16 de dezembro de 2014
Que horas? Das 15h00 às 18h00
Quanto? Gratuito.

Onde? Tenda do Teatro Popular de Ilhéus

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

EM 2015 A GENTE COMEÇA COM TUDO! FIQUE ATENTO: CURSO DE ELABORAÇÃO DE PROJETOS E INTERPRETAÇÃO TEATRAL


Em janeiro, a Comunidade Tia Marita vai oferecer duas oficinas importantes: Elaboração de Projetos e Interpretação Teatral. Fiquem atentos que até o final deste mês estaremos publicando o dia de abertura das inscrições.

O curso de Elaboração de Projetos será destinado à agentes culturais e pessoas interessadas na captação de recursos para projetos sociais e culturais. O curso de interpretação teatral terá como público alvo jovens e adolescentes.

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

PARTIDA, MAIS NOVO ESPETÁCULO DO GRUPO TEATRO TOTAL, ESTREIA NA ACADEMIA DE LETRAS DE ILHÉUS



Estreiou no último fim-de-semana o mais novo espetáculo do Grupo Teatro Total. 

Situações banais, frases feitas, gestual cômico, construções verbais sem sentido, gestual mecânico repetido incessantemente caracterizam o teatro do absurdo. Tais características são apresentadas nesta montagem de “Partida”, seja no caráter enigmático e tenso das ações e falas dos personagens, seja no soterramento físico e existencial do personagem protagonista Vinicius. Com dramaturgia e direção de Pawlo Cidade "Partida" apresenta a loucura a partir de um simples desarranjo, uma simples contradição no interior da razão. É um espetáculo que prima pela interpretação, pelo jogo cênico, pela simbiose existente entre mãe e filho, pai e nora, vida e morte. "Montar “Partida” é a tentativa de conduzir o grupo Teatro Total a experimentação do novo, buscando a criação de outros universos cênicos, estranhos e, ao mesmo tempo, presentes e assemelhados ao universo cotidiano," assegura o diretor.

Cláudia Silva e Beto Santana

“Partida” traz à reflexão para dentro do sujeito-ator, a loucura de cada um, possuidor de uma lógica própria. É a tentativa de discutir a loucura como necessária à dimensão humana. Afinal, é humano “quem possui a virtualidade da loucura, pois a razão humana só se realiza através dela.” (Hegel). Os delírios paranoides do protagonista apresentam-se como sintomas positivos em meio às alucinações momentâneas e o comportamento agressivo.

No elenco: Aline Hafner (Stephany), Beto Santana (Vinicius), Andréa Bandeira (Helena), Cláudia Silva (Isabela), Lenoly Vilasboas (Clara), Roma Góes (Iago) e Val Cacau (Samael). A iluminação é de Du Moura; trilha sonora, figurino e cenários são criações coletivas do grupo. Fotografia de Ruy Penalva e produção executiva de Pawlo Cidade.

"Partida" é uma produção independente da Comunidade Tia Marita. O espetáculo estará em cartaz nos dias 21 e 22 de novembro, em dois horários: 19h00 e 20h30. Os ingressos custam R$ 20,00. E o cenário escolhido para apresentação é a Academia de Letras de Ilhéus.

 

CINE LITERATURA CASA ABERTA


No dias 20 e 21 de novembro, em comemoração à Consciência Negra, o Cine Literatura Casa Aberta exibirá dois filmes que retratam as culturas afro-brasileira: Jubiabá, de Nelson Pereira dos Santos (1986) e Atabaque Nzinga, de Octávio Bezerra (2007).

Pelas manhãs às 09h e tardes às 14h também haverá contação de histórias da literatura afro nacional e bate-papo após a exibição dos filmes sobre os conteúdos e contextos exibidos. Convidamos a todos os interessados, estudantes, professores, artistas e demais amigos para participarem das atividades.

Os encontros acontecerão no espaço da Associação Filtro dos Sonhos, na Praça do Cadete, nº 06, Outeiro de São Sebastião, Ilhéus Bahia.


O Cine Literatura Casa Aberta é realizado pela Associação Filtro dos Sonhos e foi contemplado no Edital de Seleção Pública: Prêmio de Apoio às Bibliotecas Comunitárias e Pontos de Leituras, da Fundação Biblioteca Nacional e Sistema de Bibliotecas Publicas, vinculadas ao Ministério da Cultura. Ainda conta com o apoio cultural da Secretaria de Cultura de Ilhéus, do Instituto Cabruca, da Cicon, da Trapos e Panos, da Papirus e ACEAI. 

Fonte: Ascom/Fabrício Persa.

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

SECRETARIA DE CULTURA PROMOVE CURSO DE POLÍTICA E GESTÃO CULTURAIS

Discutir política e gestão da cultura contemporânea e aprimorar a formação dos estudantes interessados em cultura são alguns dos objetivos do Curso de Política e Gestão Culturais promovido pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), em parceria com a Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB). O curso é voltado preferencialmente para estudantes de graduação e pós-graduação vinculados à área de cultura, mas está aberto ao público em geral. O encontro acontece no dia 18 de novembro, terça-feira, das 9h às 18h, no Teatro Dona Canô, em Santo Amaro da Purificação. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas presencialmente ou através do e-mail politicaegestaocultural@gmail.com.

O curso discute três importantes temas: “Política Cultural”, “Gestão e Participação Cultural” e “Fomento à Cultura”, que serão ministrados por Albino Rubim, Secretário de Cultura do Estado da Bahia, Taiane Fernandes, jornalista, produtora cultural e mestre em Cultura e Sociedade, e Verônica Aquino, diretora de fomento da Superintendência de Promoção de Políticas Culturais da SecultBA. Todos os inscritos receberão materiais de leitura obrigatória que fazem parte da carga horária destinada ao curso, dentre eles a Coleção Política e Gestão Culturais e o livreto Políticas Culturais na Bahia 2007-2014. Todas as publicações foram lançadas pela Secretaria de Cultura (SecultBA) e estão disponível no endereço http://www.cultura.ba.gov.br/colecao-politica-e-gestao-culturais/
(13.11.2014)

Serviço
Curso Política e Gestão Culturais
Data: 18 de novembro de 2014 - terça-feira
Das 09h às 18h
Local: Teatro Dona Canô – Santo Amaro da Purificação, Rua do Imperador, nº 142.
Informações: (71) 3101 3260 I politicaegestaocultural@gmail.com 
Inscrições gratuitas

Assessoria de Comunicação 
Secretaria de Cultura do Estado da Bahia – SecultBA
Tel – (71) 3103-3442
Adriana Jacob – (71) 9983-5278 ascom.secultba@gmail.com

Rodrigo Lago – (71) 8265-0071 – lagorodrigo@gmail.com

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

PLANO ESTADUAL DE CULTURA É APROVADO NO DIA NACIONAL DA CULTURA


Foi aprovado por unanimidade nesta quarta-feira, 05 de novembro, Dia Nacional da Cultura, o projeto de Lei 20.864/2014, que institui o Plano Estadual de Cultura da Bahia, passo fundamental para conferir maior estabilidade às políticas culturais no estado, na medida em que dialoga com o Plano Nacional de Cultura, aprovado pelo Congresso Nacional em 2010 e que tem vigência de dez anos.

"Hoje é um dia muito feliz. O Dia da Cultura esse ano é um dia ainda mais especial. O Plano terá um grande impacto na cultura da Bahia e, claro, como a cultura da Bahia é importante no contexto nacional, também terá impacto na cultura brasileira. Agradeço a todos os deputados pela sensibilidade da aprovação nesse dia simbólico e a toda comunidade cultural que participou ativamente das discussões do Plano", disse o secretário estadual de Cultura da Bahia, Albino Rubim.

O Plano Nacional de Cultura constitui-se em uma política de longo prazo, para além de governos, e implica na elaboração de planos estaduais e municipais. Em 2011, a Assembleia Legislativa da Bahia aprovou, por unanimidade, a Lei Orgânica da Cultura, que institui o Plano Estadual de Cultura da Bahia. "Sabemos que este é um projeto importante. Hoje, a comunidade cultural terá um motivo a mais para comemorar", afirmou o deputado Carlos Gaban, líder do DEM.

Ao implementar a Lei Orgânica - legislação que funciona como referência para a estruturação de uma política de Estado, envolvendo conceitos, princípios, modelo de gestão e financiamento, o Governo institucionalizou o Sistema Estadual de Cultura e instâncias de deliberação, como a Conferência Estadual de Cultura e o Fórum de Dirigentes Municipais de Cultura, além de tornar  obrigatória a execução do Plano Estadual de Cultura. A implantação do Sistema Estadual de Cultura é uma das principais diretrizes desta gestão no campo da cultura. O Sistema constitui-se de um processo de articulação, gestão e promoção conjunta de políticas, pactuadas entre os entes da federação – governos federal, estadual e municipal – e a sociedade civil.


Plano Estadual de Cultura - As prioridades estabelecidas no Plano são fruto das conferências estaduais de cultura promovidas entre os anos de 2005 e 2011 e de outros encontros, como reuniões com os membros do Conselho Estadual de Cultura e a comissão da rede de Pontos de Cultura da Bahia. O plano contempla as mais diversas áreas e grupos culturais. As informações do documento estão divididas da seguinte forma: Diagnóstico cultural, que busca fornecer subsídios para definir ações prioritárias; Princípios e objetivos que devem orientar o Plano, de acordo com Lei Orgânica da Cultura da Bahia (Lei nº 12.365/2011) e Diretrizes, estratégias e ações, que deverão ser executadas ao longo de dez anos. O conteúdo do Plano aprovado pode ser lido no site da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (www.cultura.ba.gov.br).

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

CABARÉS DOS ANOS 30 SÃO TEMA DO NOVO ESPETÁCULO DE SÔANNE MARRY


A Cia. de Dança Sôanne Marry traz a atmosfera sensual e boêmia dos cabarés da década de 1930, em seu novo espetáculo Maria Moçoila. A estreia está marcada para as 20 horas do próximo dia 21 de novembro, na Tenda Teatro Popular de Ilhéus. No dia 22, o musical será reapresentado no mesmo horário. Segundo a diretora e coreógrafa Sôanne Marry, o musical recria o glamour das noites de um bordel, através de coreografias de balé moderno.

A inspiração para Maria Moçoila veio das biografias de Noel Rosa, Dalva de Oliveira, Nelson Gonçalves entre outros cantores e músicos que misturavam romantismo e boemia. Outra base para o espetáculo foi o filme L’Apollonide – Os Amores da Casa de Tolerância do diretor francês Bertrand Bonello.  “O musical mescla ficção e realidade, o antigo e o contemporâneo, retratando o cotidiano das ninfetas”, adianta a diretora.

Entre coreografias românticas e sensuais, Maria Moçoila revela ainda os amores da casa de tolerância, onde alguns homens se apaixonam, enquanto outros se tornam viciosamente dependentes. O musical ainda mostra como as garotas chegam tímidas e logo aprendem o ofício, dividindo seus segredos, medos e dores.


terça-feira, 28 de outubro de 2014

CURSO "CAMINHOS PARA A INICIAÇÃO TEATRAL" FOI REALIZADO NO HOTEL TRANSAMÉRICA


Cerca de 14 colaboradores (FOTO), entre efetivos e prestadores de serviço, da área de Esporte e Lazer do Hotel Transamérica, participaram do Curso "Caminhos para a iniciação teatral", ministrado pelo professor Pawlo Cidade nos dias 27 e 28 de outubro de 2014, segunda e terça-feira. O curso tem como objetivo a capacitação dos monitores para a temporada de verão do hotel. A promoção foi do Departamento de Treinamento e da Gerência de Esporte e Lazer.

Os monitores foram familiarizados com o processo de criação teatral e da preparação para a cena a partir de jogos teatrais, dramáticos, estafetas e dinâmicas de grupo. O foco recaiu sobre a preparação do ator antes da cena. O Hotel Transamérica sempre primou pela excelência de seus serviços e qualificar os monitores que lidam diretamente com os hóspedes, proporcionando-lhes entretenimento e lazer, é sempre uma prioridade do setor.

O Hotel Transamérico é um parceiro da Comunidade Tia Marita. Diversas atividades culturais são promovidas anualmente pelo Grupo Teatro Total, instituição da Comunidade.

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

ELABORAÇÃO DE PROJETOS CULTURAIS, CAPTAÇÃO DE RECURSOS E PRESTAÇÃO DE CONTAS


O Escritório Bahia Criativa oferece nos dias 30, 31 de outubro e 01 de novembro de 2014, a Formação PROJETOS CRIATIVOS E SUSTENTÁVEIS - Elaboração de Projetos Culturais, Captação de Recursos e Prestação de Contas.

O curso é oferecido para artistas, produtores e agentes culturais, gestores de projetos e empreendedores que atuam na cadeia produtiva da economia criativa e que desejam adquirir conhecimentos sobre metodologias, ferramentas, técnicas e instrumentos para gerenciar seu negocio da área cultural.

A demanda pela Formação que acontecerá no Forte Barbalho foi identificada pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia por meio de suas ações e articulações com parceiros. A programação e a organização de conteúdos se propõem a: favorecer a compreensão da importância do estudo de viabilidade para a elaboração do projeto; técnicas de planejamento que permitam ao proponente obter uma visão ampliada do projeto; diminuir a margem de incoerência e inviabilidade do projeto; propiciar condições para que o participante desenvolva competências essenciais para captar recursos de origem pública ou privada e ainda apresentar instrumentos para a prestação de contas.

Os interessados em participar da formação devem realizar a inscrição através do email ou telefone do Escritório Bahia Criativa.

Ficha Técnica do Evento:
Formação: PROJETOS CRIATIVOS E SUSTENTÁVEIS – Elaboração de Projetos Culturais, Captação de Recursos e Prestação de Contas
Data: 30,31 de outubro e 01 de novembro de 2014.
Hora:  8h30 as 17h30

Facilitadora: Talita Costa é professora e administradora, com MBA em Bens Culturais pela FGV - SP, especialista em Projetos Sociais e Culturais pela UFRGS, com curso de extensão em Economia da Cultura pela Universidade de Barcelona em parceria com o Ministério da Cultura da Espanha. Talita atua desde 1999 como gestora cultural e mobilizadora de recursos para projetos. Já trabalhou em diversas organizações não governamentais no Brasil (Sul, Sudeste e Nordeste), foi consultora do Ministério Público do RS e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), em Brasília. Atuou também como assessora de gestão e financeiro na fundação alemã, Kindernothilfe, além de prestar serviços como especialista em economia da cultura para organizações Internacionais a exemplo da UNESCO, IMZ - Paris e Aspen Institute - USA. Atualmente faz parte da equipe de gestão da Casa Via Magia e atua como professora na Unifacs e em instituições culturais na Bahia.

Local da Oficina: Forte do Barbalho – Rua Marechal Gabriel Botafogo s-n - Barbalho.
Inscrições e informações: E-mail: bahia.criativa@cultura.ba.gov.br
Telefone: (71) 3319-0033

terça-feira, 21 de outubro de 2014

ABERTA CONSULTA PÚBLICA PARA OS PLANOS SETORIAIS DAS ARTES DA BAHIA

A Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Governo do Estado (SecultBA), abre consulta pública para os Planos Setoriais das Artes do Estado da Bahia, relativos aos setores de Audiovisual, Circo, Dança, Literatura, Música e Teatro. Resultantes do trabalho dos Colegiados Setoriais das Artes da Bahia, estes documentos serão posteriormente validados pelo Conselho Estadual de Cultura da Bahia (CEC-BA), para então serem decretados pelo Governo da Bahia, estabelecendo metas e prioridades para a gestão pública nestas áreas nos próximos 10 anos. Interessados em contribuir com análises e sugestões podem acessar os conteúdos na página www.fundacaocultural.ba.gov.br/planos, até o dia 2 de novembro.

Desde a sua inédita instituição estadual no final de 2012, a primeira gestão dos Colegiados Setoriais das Artes da Bahia está cumprindo mandato no biênio 2013-2014. Durante este tempo de atuação, a formulação dos Planos foi uma tarefa primordial. O processo se iniciou em abril de 2013, quando foi realizado um seminário com a presença de Dulce Aquino, que participou da elaboração do Plano Nacional de Dança, e de João Roberto Peixe, que foi secretário de Articulação Institucional do Ministério da Cultura, onde coordenou o processo de formulação, institucionalização e implementação do Sistema Nacional de Cultura.

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

TEATRO PARA A CIDADANIA É TEMA DE OFICINAS NOS BAIRROS DE ILHÉUS

Foto: Divulgação

Desde o início de setembro que o Grupo Teatro Total - instituição integrante da Comunidade Tia Marita - desenvolve o Projeto Teatro Jovem, promovido pela Prefeitura Municipal de Ilhéus, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, vem realizando oficinas de teatro que possuem como ponto de partida a experiência pessoal e social do jovem e adolescente, aproximando-o da construção de sua identidade e consciência cidadã nos Centros de Referência e Assistência Social (CRAS) dos bairros Nossa Senhora da Vitória, Banco da Vitória, Teotônio Vilela, Barra e no distrito de Olivença. 

"A ideia principal do projeto não é formar atores, mas, despertar a consciência cidadã" - afirma o Coordenador Pedagógico da proposta, Pawlo Cidade, e acrescenta: "Entretanto, a descoberta de novos talentos para o teatro é inevitável."

                                                                        Foto: Divulgação

As oficinas são conduzidas pelos sensibilizadores Beto Santana, Andréa Bandeira e Aline Hafner. Para Aline, além de aumentar a autoestima do jovem e do adolescente, o teatro "combate a timidez, desenvolver habilidades cognitivas e melhora o desempenho escolar"; Beto Santana concorda e declara que o teatro tem permitido expandir o repertório cultural dos participantes e propiciado o fazer poético." Já Jamil Ócke, secretário de desenvolvimento social afirma que o projeto Teatro Jovem "é singular porque não trata o teatro pelo teatro mas pela possibilidade do adolescente aprender a trabalhar em grupo e aprimorar a habilidade de relacionar-se com os outros. O teatro não é só fim, mas também é o meio, o processo." 

SERVIÇO:

O QUÊ? Projeto Teatro Jovem - Desenvolvimento pessoal e social através do teatro.
ONDE? Nos CRAS Barra, Teotônio Vilela, Nossa Senhora da Vitória, Olivença, Banco da Vitória
QUANDO? De 01 de setembro a 15 de dezembro de 2014.

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

ELEIÇÕES DO COLEGIADO SETORIAL DA CULTURA COMEÇA HOJE E VAI ATÉ 03 DE NOVEMBRO


A partir de hoje está aberto o período de votação para nove colegiados, dos setores de: Arquivos e memória, Bibliotecas, Culturas Afrobrasileiras, Culturas Indígenas, Culturas Populares, Design, Livro e leitura, Museus, e Patrimônio. As eleições acontecem através de plataforma online disponível no site da SecultBA. Ao todo, 953 eleitores e 154 candidatos estão participando do processo democrático.
O Colegiado Setorial de Moda, que divulgou na última quarta-feira (08) o resultado inicial da validação de cadastros, recebe até sexta-feira (10) os recursos dos participantes que tiveram inscrição indeferida, através do e-mail:

O setor de moda inicia sua votação no próximo dia 14. As eleições de todos os dez colegiados se encerram em 03 de novembro de 2014.

Colegiado Setorial de Cultura será individualmente composto por nove membros, sendo três do poder público, escolhidos pelo Secretário de Cultura, e seis da sociedade civil, eleitos através deste processo participativo. É compromisso de um colegiado setorial orientar e respaldar decisões políticas voltadas a cada área, atuando como instâncias de consulta, participação e controle social das ações promovidas pelo poder público. Em parceria com a sociedade civil, estão diretamente comprometidas com as eleições dos colegiados setoriais a Fundação Pedro Calmon (FPC), o Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC), o Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI), e a Superintendência de Promoção da Cultura (SUPROCULT).

O período de votação vai de 14 de outubro a 03 de novembro de 2014.


quarta-feira, 8 de outubro de 2014

‘BEIJE MINHA LÁPIDE’, COM MARCO NANINI, E ‘MOSTRA HÍFEN’ SÃO AS PRÓXIMAS ATRAÇÕES DO TEATRO DULCINA, NO RIO


O ator Marco Nanini estreia, no Teatro Dulcina, no Rio, o espetáculo ‘Beije Minha Lápide’, que narra a história de um fã ardoroso de Oscar Wilde, preso depois de quebrar a barreira de vidro que isola o túmulo do escritor em um cemitério de Paris. A peça fica em cartaz de 11 a 26 de outubro, de sexta a domingo (exceto dia 10), sempre às 19h. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). 

A montagem é uma das atrações do projeto Dulcinavista, responsável pela programação do espaço da Funarte até novembro. Nanini interpreta o fã (Bala) e, além dele, integram o elenco Carolina Pismel (advogada de Bala), Júlia Marini (filha do prisioneiro) e Paulo Verlings (carcereiro). O texto de Jô Bilac é inspirado em fatos reais: a proteção da sepultura de Wilde existe mesmo e foi colocada por causa do ritual que os fãs faziam ao visitar o local e beijar a lápide. O espetáculo é dirigido por Bel Garcia e produzido por Fernando Libonati. 

sábado, 4 de outubro de 2014

TEATRO TEM O MAIOR NÚMERO DE CADASTROS VALIDADOS PARA ELEIÇÃO DOS COLEGIADOS SETORIAIS DAS ARTES DA BAHIA

Pawlo Cidade é o atual presidente do Colegiado Setorial de Teatro

O Setorial de Teatro teve o maior número de cadastramentos graças à campanha do Colegiado Setorial de Teatro da Bahia

A Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Governo do Estado (SecultBA), divulgou resultado de validação do cadastramento de eleitores e candidatos que participarão das eleições dos Colegiados Setoriais das Artes da Bahia, a ocorrer de 16 de outubro a 4 de novembro, através de sistema online. No total, 634 pessoas se inscreveram, oriundas de 90 municípios baianos, das quais 550 atenderam aos pré-requisitos exigidos para integrar o processo. Tratam-se de cidadãos atuantes nas áreas de Artes Visuais, Audiovisual, Circo, Dança, Literatura, Música e Teatro, que se cadastraram também pela internet entre os dias 19 de agosto e 27 de setembro, período em que a chamada pública foi realizada. Os inscritos não aprovados podem apresentar recurso até o dia 10 de outubro. A lista com a situação da avaliação dos nomes cadastrados pode ser consultada no site das eleições: www.eleicao2014.colegiadossetoriaisbahia.com.br.

Os setores de Dança, Literatura, Música e Teatro ultrapassaram o número mínimo de eleitores e candidatos exigido para que as eleições se realizem: segundo a Portaria 257/2014, que estabelece as determinações sobre este processo eleitoral, publicada no Diário Oficial da Bahia em 19 de agosto de 2014 e disponível também no site, cada Colégio Eleitoral Setorial deve ter ao menos 30 cadastrados validados, sendo pelo menos 12 candidatos que concorrerão às seis vagas de titulares e seis vagas de suplentes de cada setor. Os setores de Artes Visuais, Audiovisual e Circo, no entanto, apesar de terem garantido o quórum de eleitores, estão com menos candidatos aprovados do que é necessário. Neste caso, o ajuste dos equívocos que excluíram candidaturas é ainda mais necessário. 

No Teatro, 149 pessoas fizeram cadastro – sendo 25 visando à candidatura –, tendo 126 validações, com 21 candidatos aprovados. "Estávamos preocupados com o número de inscritos quando saiu o quarto parcial de cadastros. Resolvemos então mobilizar os artistas de teatro para participar. Afinal, avançamos muito e retroceder agora seria desastroso. Temos candidatos bons que irão fortalecer ainda mais o colegiado," afirmou Pawlo Cidade, presidente do Colegiado Setorial de Teatro.


Fonte: Site da Funceb: www.funceb.ba.gov.br


sexta-feira, 3 de outubro de 2014

PRORROGADO CADASTRAMENTO DE ELEITORES E CANDIDATOS DO COLEGIADO SETORIAL DE MODA


O prazo de cadastramento para o Colegiado Setorial de Moda foi prorrogado até o próximo dia 05 de outubro, conforme publicação no Diário Oficial do último dia 30. Eleitores e candidatos  podem se inscrever através do site da Secretaria de Cultura da Bahia (SecultBA), no endereço www.cultura.ba.gov.br.

O Colegiado Setorial de Moda será composto por nove membros, sendo três do poder público, escolhidos pelo Secretário de Cultura, e seis da sociedade civil, eleitos através deste processo participativo.  A relação final de eleitores, candidatos e divulgação das propostas estará disponível no sistema online das eleições no próximo dia 09. A votação acontece no período de 10 de outubro a 03 de novembro de 2014. A publicação da primeira lista do setor de Moda está prevista para 08 de outubro através do site da Secretaria.

Colegiados Setoriais de Cultura da Bahia

O cadastramento de eleitores e candidatos para os Colegiados Setoriais de Cultura foi aberto pela SecultBA em 20 de agosto de 2014. Os novos colegiados, dez ao total, vão representar os setores de: Arquivos e memória, Bibliotecas, Culturas Afrobrasileiras, Culturas Indígenas, Culturas Populares, Design, Livro e leitura, Moda, Museus, e Patrimônio.  Em parceria com a sociedade civil, estão diretamente comprometidas com as eleições dos colegiados setoriais a Fundação Pedro Calmon (FPC), o Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC), o Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI), e a Superintendência de Promoção da Cultura (SUPROCULT).


Assessoria de Comunicação 
Secretaria de Cultura do Estado da Bahia – SecultBA
Tel – (71) 3103-3442
Adriana Jacob – (71) 9983-5278 - ascom.secultba@gmail.com
Rodrigo Lago – (71) 8265-0071 – lagorodrigo@gmail.com


quarta-feira, 1 de outubro de 2014

BIBLIOTECAS PÚBLICAS SERÃO REFERÊNCIA EM ACESSIBILIDADE


Até abril de 2015, dez bibliotecas públicas no país ganharão qualificação profissional, melhorias no acervo e novas tecnologias para que sejam totalmente acessíveis a pessoas com deficiência. O objetivo é que se tornem referência e multiplicadoras para as outras cerca de seis mil bibliotecas públicas do país. Com investimento de R$ 2,7 milhões, a iniciativa faz parte do edital do Ministério da Cultura (MinC) para garantir maior acesso à cultura. Serão beneficiadas instituições em todas as cinco regiões do país.

Segundo últimos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), do censo de 2010, há, no Brasil, 45,6 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência. O número representa 23,9% da população. A convenção das Nações Unidas sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência garante o direito à cultura, ao lazer e ao entretenimento.

A Mais Diferenças, Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), será responsável pela adequação das bibliotecas. O primeiro passo foi a elaboração de um diagnóstico geral das instituições. "Esse diagnóstico vai ajudar muito na segunda fase do projeto que já tem plano de ação: a formação e capacitação das equipes", explica Carla Mauch, coordenadora da Mais Diferenças e responsável pela execução do projeto. "Ficamos na biblioteca, conversamos com várias pessoas, desde secretário de cultura até usuários com deficiência, incluindo os funcionários", completa.

Após a qualificação profissional, a ação será dirigida a mudanças no acervo, tornando-os acessíveis. "A ideia é avançar. Não pensar somente no livro em Braille - que já está disponível em algumas bibliotecas - mas pensar também, por exemplo, no livro digital bilíngue (português e libras). Queremos também ampliar a acessibilidade a todos os públicos com deficiência, não apenas a visual', explica Carla Mauch.

Outra etapa do projeto consiste na aquisição de tecnologia assistiva, com recursos que permitam que as pessoas com deficiência tenham acesso ao conteúdo da biblioteca. Exemplos disso são as impressoras em braile, leitores de tela, teclados colmeia e aplicativos diversos.

Entre os grandes objetivos está também o de possibilitar a criação de redes entre profissionais, bibliotecas, setores culturais, políticas públicas federais e estaduais. Para Rosália Guedes, consultora do projeto, a troca de experiência e o trabalho em rede certamente contribuirão para a ampliação da acessibilidade nas bibliotecas.

A Mais Diferença quer montar um análise mais ampla sobre o tema. Para isso, elaborou um questionário direcionado a todas as bibliotecas e que servirá de base para a realização do Diagnóstico Nacional de Acessibilidade em Bibliotecas Públicas. A instituição também criará um site acessível com manual para as demais bibliotecas.

Com a pesquisa, o Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas (SNBP) e a Mais Diferenças desenharão, ao fim do projeto, diretrizes nacionais para as políticas públicas de acessibilidade em bibliotecas públicas brasileiras. "Cada biblioteca foi ouvida na sua essência para construção de algo melhor: a inclusão de todas as pessoas. Nesse trabalho, vivi o Brasil de muitas diversidades. Encontrei muitas pessoas que trabalham pensando no outro, que trabalham para o outro. Há espaços maravilhosos em que a biblioteca pública cumprirá seu papel, que é o da democratização de acesso a informações e à cultura a todos os brasileiros", conta Rosália, sobre a primeira etapa do projeto.
Carla Mauch admite ser um projeto grande, ousado e desafiante. "Temos uma dívida histórica muito grande. O desafio é o país e a sociedade incorporar e assumir essas políticas em toda sua extensão", conclui.

Conheça as bibliotecas contempladas:
Biblioteca Pública Estadual Luis de Bessa (MG)
Biblioteca Pública Estadual Levy Cúrcio da Rocha (ES)
Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaias Paim (MS)
Biblioteca Pública Estadual Estevão de Mendonça (MT)
Biblioteca Pública Municipal Professor Barreiros Filho (SC)
Biblioteca Pública do Estado do Paraná (PR)
Biblioteca Pública Estadual do Amazonas (AM)
Biblioteca Pública Estadual do Acre (AC)
Biblioteca Pública Benedito Leite (MA)
Biblioteca Pública do Estado da Bahia (BA)


Fonte: MinC