terça-feira, 23 de agosto de 2011

CICLO DE DEBATES NA ACADEMIA DE LETRAS DE ILHÉUS


Professor Araken Vaz Galvão

A ACADEMIA DE LETRAS DE ILHÉUS dará início nesta sexta-feira, dia 26, ao Ciclo de Debates Acadêmicos. O Ciclo é o pontapé inicial para o Encontro de Academias que irá ocorrer em março de 2012 e faz parte também das comemorações do Agosto de Jorge Amado, em parceria com a Fundação Cultural de Ilhéus. “A participação é livre. Professores, estudantes, acadêmicos, historiadores, agentes culturais. Todos são nossos convidados!” – Afirma o Professor Arléo Barbosa, presidente da Academia.

O convidado especial do Ciclo é o escritor e historiador Araken Vaz Galvão, formado pela Faculdad de Humanidades y Ciências, Universidad de La República Oriental Del Uruguay. Em Montevidéu, Uruguai, trabalhou como jornalista free, em alguns jornais daquela capital. Passou pela Argentina, Paraguai e Bolívia, tendo residido no Peru, onde realizou quatro filmes de curta-metragem e um longa-metragem, Yawar Mayu – primeiro filme brasileiro falado em espanhol e com elenco e artistas dos dois países. Residiu no Equador – Guayaquil e Quito – onde trabalhou na Televisão.
É membro titular do Conselho Estadual de Cultura da Bahia, Academia de Letras do Recôncavo (Bahia) ALER, Vice-Presidente da Academia Valenciana de Educadores, Letras e Artes, AVELA e Presidente do Fórum das Academias de Letras da Bahia. Foi agraciado com o título de professor honoris causa, por notório saber, pela Faculdade de Ciências Educacionais – FACE, BA. Participou do Encontro Internacional de Escritores, em Tarija, Bolívia, em 2010, passando a ser Embaixador da Cultura.
No ano de 2004 ganhou o prêmio principal do concurso do Banco Real “Talentos da Maturidade, com o conto “Os Mortos”. É autor de vários livros, entre eles:  Todas as Estações – antologia de contos; Crônica de uma Família Sertaneja; Valenciando – antologia, organizador; Pargo e outras historias; Saga de um Menino do Sertão; Acalanto Tardio – Infanto-juvenil; Crônicas das Prisões e do Exílio – Memórias; Crônicas – crônicas; Saga Sertaneja (III Tomo da trilogia sertaneja) (III Tomo da trilogia sertaneja); O Sargento na História do Brasil – memórias/ensaios; Pequena História do Cinema – Um Novo Olhar – ensaio; Sobre o Realismo, mágico, fantástico ou real maravilhoso – ensaio; Trilogia “Memorial da Angústia; Quem Matou a Garota do Outdoor – Policial; O Crime das Ligas – Policial;  Morte ao Entardecer – Policial.
A novela policial “Quem Matou a Garota do Outdoor” foi adaptada para cinema por Carlos Alberto Nascimbeni, da Panambi Arte e Comunicação Ltda., São Paulo, SP, com produção prevista para 2010.
Atualmente escreve o livro O Tupi Nosso de Cada Dia, coleção de artigos de cunho antropológico e trabalha no projeto que visa a criação de uma Fundação particular onde colocará seu acervo de quase 2.000 livros, quatro mil recortes de jornais, sobre os mais variados temas.

QUANDO? Dia 26 de Agosto (sexta-feira)
LOCAL? ACADEMIA DE LETRAS DE ILHÉUS
HORÁRIO?  19H00
ENTRADA? Gratuita (Sujeito a lotação do espaço)

Informações: 73.3084.0302 (Eliene)

2 comentários:

Jamile disse...

Olá, gostaria de saber o e-mail para enviar material para vocês.

Pawlo Cidade disse...

Olá, Jamile. Pode enviar para pawlocidade@msn.com ou comunidadetiamarita@hotmail.com

Se for só para a Academia de Letras, o e-mail é: academiadeletrasdeilheus@gmail.com